Festa da Uva e Expo Vinhos - Jundiaí

Tradicional evento com entrada é gratuita e várias linhas de ônibus facilitam o acesso.

 

Dias 18/01 a 04 de fevereiro de 2018 – sexta feira a partir das 18h , sábado e domingo a partir  das 10 hs . 

A entrada é gratuita e o acesso por ônibus é feito por diversas linhas vinculadas ao Terminal Central. Também vão funcionarestacionamentos na frente e nos fundos do parque. Os expositores vão ter espaço próprio na área do Ginásio Municipal de Esportes Dr. Nicolino de Lucca, o Bolão.

“Esse formato de comunidade, mesmo aberto a novidades, atinge o que as pessoas querem. Hoje entendemos que as uvas de Jundiaí representam três aspectos diferentes de importância na cidade, que são o cultural e histórico, ligado à nossa identidade, o econômico, ainda que menor do que a indústria ou o comércio, e também o ambiental, pois a área agrícola é parte do cinturão verde que conserva nosso clima e mananciais de água. E celebramos tudo isso na festa”, afirmou o prefeito.

Além da exposição de uvas para premiação, as frutas também vão ser comercializadas em estandes dos bairros rurais da Roseira, do Traviú, do Poste, do Caxambu, da Toca, do Bom Jardim, do Currupira, do Engordadouro e do Vera Cruz.

No espaço gastronômico (Deguste Jundiaí) estão os estandes organizados pelas cozinhas de tradicionais festas comunitárias de bairros da cidade, como Vila Arens, Anhangabaú, Tarumã e São Camilo, Jundiaí-Mirim, Vila Comercial, Eloy Chaves, Jardim do Lago, Cidade Nova, Associação Nipo Brasileira, Cooperativa dos Produtores de Vinho e também Traviú e região do Caxambu, Toca e Roseira.

Outro segmento de destaque é a alameda das adegas, com o vinho familiar produzido pelas adegas Português, Martins, Negrini, Vendramin, Castanho, Fontebasso, Brunholi, Maziero, Marquesin e Beraldo di Cale.

 

Foco turístico

O resgate do espírito comunitário da festa, a partir de 2013, complementa o trabalho de valorização de seus mais de 80 anos de existência com um ambiente atraente para moradores e visitantes.

O setor chamado de Empório Jundiaí está reunindo prioritariamente produtos relacionados com as primeiras rotas turísticas da cidade (como a Rota da Uva e a Rota da Terra Nova), incluindo estandes de Clamar Conservas, de Maziero Pães Artesanais, Villa Brunholi, da Editora In House, da Massas Traviú, da Fazenda Ribeirão, da Cucina di Nicolina, da Cerveja Artesanal Bier Nards, do Ateliê do Campo, do Viveiro Terra Nova, da Quitutes Tia Tereza, da Marisa Trufas, da Tentação em Chocolate, da Vovó Thereza e da Padaria Comunitária. Além, claro do estande da Associação de Turismo Rural do Circuito das Frutas.

Visitas a roteiros rurais também vão estar disponíveis em um espaço no terceiro pavilhão e vai ser realizado por duas agências, a Tour Jundiahy e a Tribbo da Terra. Para as crianças também há espaços próprios, com 15 atrações em 800 metros quadrados de área coberta, e mais a sempre disputada Fazendinha, organizada pela Escola Técnica Benedito Storani.

Imagens e telas

O evento ganha ainda a presença de uma exposição de desenhos realizados com o tratamento especial de vinho das adegas como tinta em técnicas de aquarela (“Tintos e Tintas”), desenvolvidas pela equipe de artistas liderada por Paulo Borges, além da belíssima exposição das imagens ampliadas do concurso de fotografias “Uva Niágara Rosada – Símbolo da Agricultura Jundiaiense”.

Há ainda espaços interativos sobre a história do surgimento da uva Niagara Rosada no município, em 1933, e também que testam novas ferramentas digitais como a Liquid Galaxy e a tela de exibição de fotos postadas no Instagram e Twitter com a hashtag #festadauvajundiai2016. O sistema de conexão preparado pela Companhia de Informática de Jundiaí (Cijun) foi reforçado para mais de 7,5 conexões simultâneas nesta edição.

 

Arte e solidariedade

Além de todos os aspectos citados, os quitutes de estandes também geram apoio social para entidades reconhecidas na cidade como ACAI, ACDC, Casa de Nazaré, Casa Santa Marta, Cedeca e Rede Feminina de Combate ao Câncer, Cesprom, Cidadão do Futuro, Cidade Vicentina, GIPA e Abracci, Maria de Magdala, Pastoral do Menor, S.O.S. e ONG Um Só Coração. Outras entidades assistenciais também vão ser beneficiadas com a doação diária das frutas de exposição.

No setor de artesanato, organizado pelo programa Jundiaí Feito à Mão, outras surpresas recebem os visitantes com uma enorme variedade e criatividade desses artistas. Neste ano participam os estandes de Edileine e Jandira, Sili Lima, Dulci Artesanatos, Cilda e Paula, Bernadete e Paulina, Lumzz, Flávio Leone, Artes da Dinda, Sonia Pilot, Aroma e Flor, Bom Bijoux, Lilik Arts, Maria Helena Vian, Bordados e Fuxicos, Arte em Ferro, Rosy Artes & Mimos, Tenda da Arte, Mary Artesanato, Mari Pratas, Cris Bee e Rosinha, Maria Lãs e Linhas, Solange Manoel, Márcia Mosaicos, Regilania e Fernanda, Fátima Dorigon, Tany Patch, Joana e Moisés, Telma e Rubens, Mia Vovó Artes, Milton Origami, DFC Artes, Arte Sustentável, Artes Ro, Odila de Oliveira, Bijóias em Crochê, Judite Moraes, Luciana e Roseli, Arteiro e Cia, Avesso Perfeito, Valdir e Zilmar e também Rosa e Izumi.

Música, artes e desfiles

A solenidade de abertura nesta quinta-feira (14), a partir das 19h, no palco interno, vai contar também com uma cerimônia de Pisa da Uva, com o grupo Stella Bianca, às 20h. O encerramento da noite vai ser com o forró pé de serra do Trio Serelepe no coreto, às 21h.

 

Confira o site da festa emhttp://festadauva.jundiai.sp.gov.br/
Confira a programação da festa neste sexta (15), sábado (16) e domingo (17) em
http://www.jundiai.sp.gov.br/noticias/2016/01/12/programacao-da-festa-da-uva-nesta-sexta-15-sabado-16-e-domingo-17/

 

 

 

 

HISTÓRIA

Em 1933, ocorre, na agricultura de Jundiaí um fenômeno que viria mudar a história da cidade. Em virtude de uma mutação genética espontânea, surge, nos vinhedos jundiaienses, uma nova variedade de uvas: a niágara rosada.

Este fenômeno, ocorrido no bairro do Traviú motiva a realização, em 1934, da primeira Festa da Uva de Jundiaí, que recebeu mais de 100 mil visitantes em sua primeira edição.

A Festa era realizada, inicialmente, no centro da cidade, utilizando áreas das ruas centrais, do antigo mercado municipal (depois Centro das Artes) e do grupo escolar Conde do Parnaíba.

Em virtude do sucesso da mesma, foi construído um espaço especialmente para recebê-la: o Parque Comendador Antônio Carbonari, o nosso Parque da Uva, inaugurado em 1953!

A Festa completará, em 2016, 82 anos de história. São 33 edições da maior Festa da Uva do Estado de São Paulo, reconhecida em todo o Brasil.

A entrada é gratuita!

 

Confira a Corte da Uva de 2016 – Rainha, Patricia Danielli de Souza Pereira; a 1ª Princesa, Gabriela Framba Vidotti; a 2ª Princesa, Raquel Cristina Carneiro; e as vinhateiras, Aglaupe Lumena Galdino, Monique Gonçalves da Costa, Raquel Kelly Nunes dos Santos e Yasmin Mayara do Nascimento.

No final da década de 90, nascia, em nossa região,
uma nova alternativa de geração de renda para o
meio rural: o Turismo Rural.

Clique e saiba mais sobre a Associação

 

 

 


 

Mande sua mensagem

circuitodasfrutas@circuitodasfrutas.com.br

  1. Seu nome(*)
    Digite seu nome
  2. Seu Email(*)
    Digite seu email
  3. Mensagem(*)
    Digite sua mensagem
  4. Digite(*)
    Digite
    Invalid Input